Aminoácidos Essenciais: o essencial pode ser o básico.



É sabido que o estímulo dos exercícios de resistência em combinação com a disponibilidade de aminoácidos (além de outros substratos como vitaminas, minerais, carboidratos) favorecem a síntese proteica. Isso ocorre mediado pela maior ativação da mTOR, que se dá tanto pelo exercício, quanto pelos aminoácidos. Estudos (muitos deles experimentais - com animais) já demonstraram o efeito da leucina isolada bem como dos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA, que inclui a leucina) na ativação da mTOR.


Porém, novos trabalhos vêm mostrando que muito provavelmente o efeito maior para ativação da mTOR e consequente síntese protéica é resultado de um efeito sinérgico dos vários aminoácidos essenciais e não somente do BCAA ou da leucina isolada. Em um artigo publicado no final de 2016 (Am J Physiol Cell Physiol 310: C874–C884, 2016) 8 praticantes de musculação foram avaliados com biópsias musculares após uso de placebo, leucina, BCAA ou aminoácidos essenciais consumidos antes, durante e após o exercício. Os resultados, apesar do numero pequeno de participantes, mostraram que a suplementação oral com BCAA após o exercício de resistência estimula a sinalização mTOR de maneira mais eficaz que a ingestão de leucina isolada, mas foi inferior em comparação com os aminoácidos essenciais. Portanto, se você busca mais qualidade de vida, melhores resultados e rendimento nos seus treinos, avalie sua dieta e tenha um aporte proteico adequado e melhore seus estímulos musculares durante o exercício mas, para isso, tenha certeza de que sua saúde esteja plena para realizar qualquer atividade física com segurança.


1 visualização

© 2020 Dr Dimas - Todos os direitos reservados.

Dr. Dimas E. Democh Jr

Nutrologia - Med. Esportiva - Metabologia

CRM SP 129.205

CRM MG 65.604

(34) 3256-6300

(34) 99977-6300

Centro Clínico UMC - Uberlândia

  • White LinkedIn Icon